Cancelado oficialmente os Jasc de Tubarão

Vendaval que atingiu a cidade no domingo, comprometeu grande parte da infraestrutura que seria utilizada na competição programada para a primeira quinzena de novembro.

0
2390

       Matéria atualizada às 19h10.

 Tubarão deve anunciar, oficialmente, nas próximas horas, sua desistência em sediar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) marcados para o período de 11 a 19 de novembro. Como se não bastasse o curto período para a realização das reformas em pelo menos três praças esportivas (ginásios Salgadão, Paulo Jacob May e a pista de atletismo do exército), a intempérie ocorrida no último domingo na cidade que causou inúmeros estragos, inclusive em outros locais que seriam utilizados para as disputas, contribuem para eventual cancelamento.

               Conforme informações dadas ao jornal Diário Catarinense pelo presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) e presidente da Fundação Municipal e Cultura de Tubarão José Acco, a infraestrutura destinada para o evento está totalmente comprometida pelos danos causados pelo vendaval. Segundo Acco, além dos locais destinados às disputas das modalidades, as escolas que serviriam de alojamento para os atletas também foram afetadas. “O cenário é bastante crítico. Entregaremos ao governo um parecer da situação, mas dá para adiantar que a proximidade dos jogos vai inviabilizar colocar a infraestrutura em condições de sediar o evento. Esta será a conclusão do relatório”, comentou Acco, acrescentando que nem mudando a data do evento, seria possível dar condições às disputas.

               A verba de R$ 1,6 milhão destinada, inicialmente, pelo governo Estadual para aplicação na reforma das instalações esportivas e para custear a realização dos Jasc, tem previsão de disposição da prefeitura a partir de quarta-feira (19). Caso se confirme a desistência de Tubarão, a Fesporte, responsável pela condução dos Jasc, deve anunciar nos próximos dias uma nova sede ou mesmo cancelar a versão 2016 da competição.

               Em agosto de 2009, Tubarão que seria sede da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), também desistiu da competição por causa da pandemia mundial do vírus da gripe H1N1. Os dirigentes da área de saúde, à época, alegavam o risco de contaminação entre os atletas participantes devido a grande aglomeração de pessoas em ambientes fechados, especialmente nos alojamentos e em alguns locais de competições.

DEIXE UMA RESPOSTA