Micaela é a nova recordista brasileira nos 100 com barreiras

Santa Catarina ratificou a condição de terceiro melhor estado no atletismo brasileiro

0
513
Micaela integrou o grupo de 12 atletas que representaram a União Catarinense de Atletismo (UCA) de São José. Foto: Arquivo pessoal/Micaela

          Santa Catarina ratificou sua condição em figurar no ranking dos três melhores estados do atletismo brasileiro ao terminar sua participação em segundo lugar na classificação geral no 12º Campeonato Brasileiro Interclubes Caixa de Atletismo Sub-23. A competição realizada até o último domingo, em Porto Alegre-RS, fez Santa Catarina em segundo lugar no feminino e terceiro no masculino.

            O destaque catarinense no Brasileiro foi a velocista Micaela Rosa de Mello, 18 anos. Com o tempo de 13.59 ela passou a recordista brasileira dos 100 metros com barreiras. Micaela integrou o grupo de 12 atletas que representaram a União Catarinense de Atletismo (UCA) de São José na competição. O Brasileiro teve a inscrição de outros 95 clubes representados por 558 atletas.

Aos 18 anos, a velocista Micaela já é considerada a maior revelação do atletismo catarinense dos últimos tempos. Foto: Divulgação/CBAt.

          Por clubes, a UCA ficou em sexto lugar na classificação geral. A Corville de Joinville ficou em sétimo e o Mampituba (Criciúma) ficou em oitavo. Participaram ainda a ACA/Itajaí (24º); AABLU/Blumenau (24º no masculino e 33º no feminino); AACN/Campos Novos (32º); CAC/Chapecó (32º); FME/Rio do Sul (26º) e a FME/B. Camboriú (42º no masculino e 30º no feminino).

          O campeão geral do Campeonato foi o Pinheiros, de São Paulo seguido pela Orcampi e a Fecam em terceiro.  No quadro geral de medalhas, dividido por Estados, São Paulo foi o grande campeão, com 58 medalhas, sendo 20 de ouro, 21 de prata e 17 de bronze. Santa Catarina ficou em segundo lugar, com 16 medalhas (5 ouros, 6 pratas e 5 bronzes), seguido do Rio de Janeiro, com 8 (4, 2 e 2).

DEIXE UMA RESPOSTA