Fogo simbólico dos JASC será aceso dia 30 de agosto

Solenidade, que acontece anualmente em Brusque, será realizada ao ar livre, em frente à Arena Multiuso.

0
192
A solenidade, com requintes da Grécia Antiga, tem a mesma inspiração que originou os Jogos Olímpicos. Foto: Divulgação/Fesporte.

     Faltando 30 dias para a abertura da 58ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), a Fesporte e a Comissão Especial de Acendimento do Fogo Simbólico têm definida a data de 30 de agosto para a realização da cerimônia que representa o espírito esportivo e anuncia a chegada do maior evento esportivo de Santa Catarina.

     A tradicional solenidade, que acontece anualmente em Brusque, cidade-berço dos Jogos Abertos, será realizada ao ar livre, em frente à Arena Multiuso Antônio Neco Heil (Arena Brusque).

     Apesar de os JASC terem sido criados em 1960, a cerimônia de acendimento do fogo simbólico foi realizada pela primeira vez somente em 1986, anunciando a 26ª edição do evento esportivo, que seria realizada em Joinville. O ato solene teve como principal idealizador o desportista Rubens Facchini, que presidiu a Comissão Especial de Acendimento do Fogo Simbólico até 2014, ano em que ele faleceu.

     A ideia, que tem origem na Grécia Antiga, foi a mesma que inspirou os Jogos Olímpicos. Segundo a cultura grega, a história humana tem início a partir do roubo do fogo dos deuses, por Prometeu, que entrega aos homens, junto com as ciências e as artes. Na Antiguidade, durante os jogos, o fogo permanecia aceso nos altares dos templos que recebiam as competições, simbolizando a devolução do elemento divino aos deuses.

     Além do ato de acendimento do fogo, a solenidade ainda prevê a entrega das bandeiras dos Jogos Abertos e do Fogo Simbólico. Também serão feitas homenagens a desportistas catarinenses, os quais ainda não foram revelados pela organização do evento.

     A mesma chama deverá seguir para Caçador, cidade que, pela terceira vez na história dos JASC, recebe a etapa estadual. As outras edições realizadas no município foi em 1978 e 2012.
[14:39, 7/8/2018] Heron Queiroz: Fogo simbólico dos JASC será aceso em 30 de agosto

     Faltando 30 dias para a abertura da 58ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), a Fesporte e a Comissão Especial de Acendimento do Fogo Simbólico têm definida a data de 30 de agosto para a realização da cerimônia que representa o espírito esportivo e anuncia a chegada do maior evento esportivo de Santa Catarina.

     A tradicional solenidade, que acontece anualmente em Brusque, cidade-berço dos Jogos Abertos, será realizada ao ar livre, em frente à Arena Multiuso Antônio Neco Heil (Arena Brusque).

     Apesar de os JASC terem sido criados em 1960, a cerimônia de acendimento do fogo simbólico foi realizada pela primeira vez somente em 1986, anunciando a 26ª edição do evento esportivo, que seria realizada em Joinville. O ato solene teve como principal idealizador o desportista Rubens Facchini, que presidiu a Comissão Especial de Acendimento do Fogo Simbólico até 2014, ano em que ele faleceu.

     A ideia, que tem origem na Grécia Antiga, foi a mesma que inspirou os Jogos Olímpicos. Segundo a cultura grega, a história humana tem início a partir do roubo do fogo dos deuses, por Prometeu, que entrega aos homens, junto com as ciências e as artes. Na Antiguidade, durante os jogos, o fogo permanecia aceso nos altares dos templos que recebiam as competições, simbolizando a devolução do elemento divino aos deuses.

     Além do ato de acendimento do fogo, a solenidade ainda prevê a entrega das bandeiras dos Jogos Abertos e do Fogo Simbólico à cidade anfitriã, Caçador. Também serão feitas homenagens a desportistas catarinenses, os quais ainda não foram revelados pela organização do evento.

     A mesma chama seguirá para Caçador, cidade que, pela terceira vez na história, recebe a etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina. As outras edições realizadas no município foram em 1978 e 2012.

Texto: Heron Queiroz

DEIXE UMA RESPOSTA