Abertura da Olimpíada das APAES foi em ritmo de carimbó e música pop

Cerca de 1.000 alunos de 95 APAES do Estado participam da competição que começa nessa segunda-feira.

0
330
Solenidade de abertura aconteceu na noite de domingo (05) na cidade de Gaspar. Evento é classificatório para a etapa Nacional que acontecerá em Porto Alegre-RS. Fotos: Antônio Prado.

     Um congraçamento cultural ao ritmo do carimbó paraense e música pop marcou a cerimônia de abertura da e tapa Estadual da 21ª edição da Olimpíada das APAES de Santa Catarina na noite de domingo, 5, no ginásio de esportes prefeito João dos Santos,  em Gaspar.

     A dança de carimbó, apresentada pela Associação Amigos da Dança de Gaspar, e as músicas tocadas pela Banda São Pedro, como “Êxodos” e “Viva La vida”,  e também o  número de dança  “Danceability”, apresentada pelos alunos da Apae de Gaspar foram bastante aplaudidas.

     Como de praxe a condução do fogo simbólico (conduzido pela atleta do atletismo com deficiência intelectual Keli Cristiane Felipe) e do juramento do atleta (proferido pelo atleta Daniel Gustavo  Santana, também do atletismo), foram os momentos mais aguardados pelos participantes.

     Nos discursos das autoridades a presidente da Fesporte, professora Natália Lúcia Petry, disse que o Governo de Santa Catarina não poderia ficar de fora da parceria na organização do evento e se sentia honrada em participar no gerenciamento da competição: “Os atletas aqui são exemplos de determinação, temos muito a aprender com vocês”, destacou para em seguida anunciar que a partir desta 21ª edição a competição fará parte do calendário oficial de eventos da Fesporte. Foi bastante aplaudida ao final do anúncio.

     Natália voltou a ser aplaudida quando garantiu a realização dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) para 2018 a se realizarem  na primeira quinzena de outubro em sede a ser definida em breve.

     Já o prefeito de Gaspar, Kleber Edson Wan-Dall, disse que estava orgulhoso em vivenciar um momento histórico para o município. “Espero que vocês aproveitem o evento para fazer novas amizades”, destacou. E por fim, a presidente da Federação das APAES de Santa Catarina, Lorena Starke Schimidt, enfatizou aos atletas que mais importante do que vencer era competir.

     Rogério Alves de Andrade, presidente da APAE de Gaspar prestou homenagem aos colaboradores e parceiros na organização do evento distribuindo flores. Antes, porém destacou a solidariedade de todos como ponto forte de unidade para o sucesso da olimpíada. O deputado estadual Roberto Guidi, presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência da Assembleia Legislativa destacou também em seu discurso o esporte como mecanismo para novas amizades.

     Como ato final da noite o DJ gasparense Jansen Guns agitou a quadra com sucessos do momento para o delírio dos atletas que caíram na dança.

Foco simbólico dos jogos das APAES percorreu o ambiente de abertura da competição na cidade do Médio-Vale.

     As competições começam nesta segunda-feira, 6, e irão até quinta-feira, 9. Cerca de mil alunos de 190 APAES competirão nove modalidades esportivas: atletismo, basquetebol, futsal, handebol, natação, tênis de mesa, bocha Rafa, bocha Paraolímpica e capoeira mista.

     A Olimpíada das Apaes de Santa Catarina ocorre  a cada três anos e tem, entre outros objetivos,  divulgar o trabalho feito em cada uma das Apaes do estado na área do esporte. A competição é um torneio classificatória para a fase nacional que acontece em Porto Alegre-RS, no mês de dezembro.

     Gaspar sedia a competição em alusão aos 35 anos da APAE local, que promove o evento em parceria com a Fesporte, Federação das APAES do Estado de Santa Catarina e Assembleia Legislativa.

Texto e Fotos: Antonio Prado

DEIXE UMA RESPOSTA