Motociclismo é atração no Planalto e Vale do Itajaí

Federação Catarinense de Motociclismo reúne seu staff para cumprir desafio em coordenar provas simultâneas em cidades diferentes.

0
225
Leandro Lemos, da categoria VX3 Especial venceu na cidade paranaense de Lapa e com 100% de aproveitamento no Catarinense, entra na pista de Canoinhas como favorito na sua classe. Foto: Divulgação/FCM.

A Federação Catarinense de Motociclismo (FCM) vai atuar, neste final de semana, simultaneamente em duas frentes. Em Canoinhas, encara o desafio de coordenar a terceira etapa do Estadual e a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Velocross. A prova vai acontecer nos dias 8 e 9 no Parque de Exposições Ouro Verde, na cidade do Planalto Norte Catarinense.

         Na segunda frente, o Staff da FCM estará em Ituporanga. A cidade do Vale do Itajaí receberá dezenas de pilotos para a disputa do Ituporanga Motocross, valendo pela abertura da Copa Norte de Motociclismo. O evento é uma das atrações da 24ª Expofeira da Cebola, junto a SC 350.

“O desafio é muito grande diante das dificuldades que enfrentamos nos últimos meses. A Federação, além de manter seu calendário em respeito aos clubes e pilotos registrados, reassume seu compromisso de proporcionar espetáculo e lazer diferenciado ao público destas duas cidades”, comenta Marisérgio Kons, o “Pezão”, o presidente da FCM.

Ituporanga
Pista de Ituporanga sofreu algumas alterações que deixarão as provas ainda mais competitivas e atraentes para o público que assistir as disputas. Foto: Divulgação/FCM.

A pista de Ituporanga sofreu algumas alterações para melhor receber as provas. “Aguardamos um grande número de pilotos para a etapa, e creio que junto com a festa e o público presente, teremos uma bela abertura da Copa Norte de Motocross”, conta Romildo Defrein, organizador da Festa da Cebola.

Na abertura do Brasileiro realizada em Lapa, pilotos catarinenses de várias categorias se destacaram e esperam um bom desempenho  e busca por posições nas provas de Canoinhas. Leandro Lemos, da Vx3 Especial e Gabriel Mielk, da 65cc, venceram em Lapa e com 100% de aproveitamento no Catarinense, entram na pista como favoritos nas suas classes.

Canoinhas
Construída junto ao Parque de Exposições Ouro Verde, em Canoinhas, pista se caracteriza pelas visibilidade constante do público sobre os pilotos e suas manobras. Foto: Divulgação/FCM.

Anthonny Gervásio venceu na 85cc e após excelente desempenho em Papanduva, brigará por vitória para seguir na liderança do Brasileiro. Entre os veteranos, Alexandre Medeiros lidera o Catarinense na Vx4 Nacional, está em segundo no Brasileiro e vai em busca da liderança em Canoinhas. Na mesma situação está Braz dos Santos, que foi segundo colocado na Vx4 Especial.

O líder do Catarinense na VX2, Lucas Gadotti, conhece bem a pista de Canoinhas e vai em busca de vitórias nas classes Vx2 e Vx1. Gadotti foi segundo colocado na abertura do Brasileiro e em 2016 chegou a liderar o campeonato, porém por uma lesão no pulso acabou desistindo das etapas, mas espera bom desempenho nessa temporada e promete brigar pelo título nacional.

O campeonato Catarinense de Velocross é patrocinado por Rinaldi, Grupo Geração, Destak Transportes e Blade Energy Drink.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA