Perdas irreparáveis nos vestem de luto

Time catarinense seguia para Medelin, onde na quarta (30) enfrentaria o Nacional na primeira partida da final da Copa Sul americana.

0
235

                 O sentimento de orgulho que todos nós compartilhávamos pela ascensão escrita nas páginas do livro da história do futebol, protagonizado pela Associação Chapecoense de Futebol, tragicamente, se transforma em pesar. A simpática “Chape”, que estampou editoriais como exemplo de sucesso e profissionalismo, agora é pauta de comoção internacional por conta da tragédia que vitimou sua delegação.  As irreparáveis perdas humanas nos vestem de profundo luto.

               Uma angustia inigualável toma conta de nossos corações e, por mais fortes emocionalmente que possamos ser, fica a incredulidade com o destino dos atores que tantas alegrias proporcionaram nos palcos do futebol. Fica o sentimento de perda de pessoas do nosso convívio profissional que permanecerão nas nossas mentes e em nossos corações.

               Quis o destino que a curta e rica história da Chapecoense fosse interrompida da forma mais cruel aos olhos daqueles que aqui ficaram. Quis o destino, que na mesma tragédia perdêssemos colegas de profissão.  Todos, gente do bem! Seguiam o caminho, sem volta, com a plena disposição em retratar mais um capítulo de nossa paixão.  Inacreditável!

DEIXE UMA RESPOSTA